nome blog
Mostrando postagens com marcador gratidão. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador gratidão. Mostrar todas as postagens

Olhe para mim (Olhe para nós)

domingo, 17 de setembro de 2017


No solo frio e rígido - como muitos corações -, me derramo em Tua presença, aos Teus santos pés, sem merecimento algum... E rogo clemência.

Pai, em Teu nome, muitos Judas agem sem nenhum respeito. Ilegitimamente. Interpretações intencionalmente asquerosas. 

Poderia dizer que o tempo está preto, mas o preto, o qual foi escolhido a dedo em Tua paleta, jamais deveria ser sinônimo de assustador. Aqui, tem muito disso, preconceito e ódio - inclusive, alguns justificam em Teu nome. Sinto muito.

Também há pecado em mim. Ah! E como. Me perdoe por cada pensamento ou expressão que não Te faz sentir orgulho em ser meu Pai. E ultimamente, tenho estado um pouco distante. Que ingratidão!  
Me ajude a abster de tudo que nos distancia. Sou uma criança plenamente dependente - tão dependente -, que não ficaria em pé se soltasse minhas mãos.

Me ajude (nos ajude), a honrar Tua imagem e semelhança. Me ajude (nos ajude) a concluir. Nada sou (Nada somos). Me perdoe (Nos perdoe). Olhe para mim (Olhe para nós).
Pelos que Te decifra erroneamente, sinto muito.

Meu coração é integralmente ocupado por gratidão, pela compaixão incessante que me doa. São tuas, toda a fidelidade e recirpocidade que em mim existe.

Santíssimo! Três vezes Santo! Gratidão, gratidão, gratidão, por me acolher...

(Me atrevo a pedir permissão para proferir esta oração em Teus ouvidos.)

Aniversário do blog - 3 anos de gratidão!

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017


Para quem me acompanha desde o inicio, tem conhecimento de que esse pequeno espaço já se submeteu a diversas e incríveis mudanças. Nesta postagem expliquei vagamente sobre o nome que leva hoje.

Pude conhecer pessoas incríveis que me deram e continuam dando um apoio gigantesco. São muitas.

Este espaço é um grão de areia ainda, mas já me proporcionou um conhecimento e tanto. Aprendo com cada postagem, com cada assunto, que na maioria das vezes, são assuntos corriqueiros.

Já passei por momento difíceis, como todo humano, e esta foi uma das formas que me ajudou a melhorar.


Com exatidão, ontem (02, fev, 2017) o blog completou 3 anos. Nunca comemorei antes, talvez por falta de tempo (ou pouca importância) mas hoje, isto realmente é parte de minha vida (não sou diferente do que mostro aqui).

Quando a ideia de criá-lo me veio à mente, hesitei e posterguei por um tempo. Pensei que não daria conta, e realmente já deixei a desejar, congelei por um bom tempo, mas posteriormente isto se espalhou da mente para o coração.

É imensurável o tamanho da gratidão que sinto por você está aqui. Descobri recentemente que tem pessoa desde 2014 comigo, isto é incrivel! E a cada novo seguidor, vibro com a mesma intensidade do principio.

Sou grata.
À Jesus pela oportunidade;
À minha mãe e irmã pelo apoio gigantesco;
À você que me oferece tua companhia.

E em minhas orações, rogo ao meu Deus que te ame e te cuide...



Sou grata pela tua vida

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

(foto ilustrativa à postagem - via)

"A palavra que lhe define não existe. Se colocarem no dicionário ela não mais lhe representará. Pois somente o que é intangível e inimaginável pode lhe significar e somente não dizendo é que consigo expressar tudo o que sinto por você." (Jean C. Barusso, em Não-dito)

Na madrugada anterior estava insone. Comecei a ler um livro mas logo decidi que o melhor a fazer naquela hora, seria assistir alguns episódios de uma série. 

Propus-me uma oração matinal e procrastinei mais uma vez. Orei em pensamento. Tenho ciência de que Ele fica chateado a cada vez que não me ajoelho, por falta de forças. Roguei perdão pelas falhas, fui grata pela vida, família e amizades. E claro, pela tua existência.

Sem a tua vida, o universo não seria inteiro. As tuas amizades não saberiam o verdadeiro significado de fidelidade, carinho e respeito. Os teus amores não seriam presenteados com a honra do teu amor.

Sou grata, por ter a quem amar e compartilhar teus momentos felizes e teus momentos de perdas. Sou grata ainda, pela existência da receptora de todo o teu afeto.