agora também tô no medium!

Por quê mulheres negras são raivosas?

sábado, 14 de julho de 2018
Epa! Ao que parece, agora vai!
Esse nosso canal queridão nasceu em 2012. Em 2014 inaugurou teu primeiro vídeo - que hoje, nem rastro existe mais.
Entre oscilações da minha determinação, agora ao que indica, se estabilizou e com promessa de conteúdo, todo sábado - vamo ver!.

Ao assunto, vamos ter uma conversinha sobre a agressividade na fala das mulheres negras. É só apertar esse botãozinho bonito logo abaixo!


  • Ao dizer que "o individuo que tem a voz ouvida, "passa a ter um compromisso politico" em empoderar outros que estão sujeitos às mesmas violações que este", existe uma importância para alem disso, é preciso também que antes o individuo tenha um compromisso ético.
  • Empoderamento, além de levar o conhecimento para o máximo de indivíduos possíveis através de ações coletivas, é também oferecer condições mais equânimes possíveis, a partir do que lhe é possível. O importante é a construção coletiva.
  • "Assisti o vídeo, gostei bastante da abordagem, ela é necessária. Vou colocar um ponto que eu, bem particularmente, acho que colabora para essa visão de mulher-negra-raivosa, a questão é que sempre estamos sozinhas. Quando, na internet, por exemplo, alguém comete um ato, uma fala racista, a IMENSA GRANDE maioria das pessoas negras que debatem, discutem e fazem "textão" explicativo dando a cara a tapa, somos nós, mulheres. Os homens, mesmo os parceiros, quando conscientes, se omitem muito ainda. Muito mesmo! Portanto é fácil chamar de raivoso quem se expõe." (excelentíssima colocação, de Taynara, no Facebook)
  • Indicação e referência: Os usos da raiva - Mulheres respondendo ao racismo, de Audre Lorde

A neutralidade não promove mudança!
Espero que goste!

Nenhum comentário

Postar um comentário

 
INÍCIO | PRA TI SOU ELI | CUBO URBANO? | EU, VITIMISMO | ARQUITETURA | POESIAS | CONTATO


Desenvolvido por Michelly Melo
Ilustração por Gabriela Sakata
CUBO URBANO 2014 - 2018