Tão errantes quão distantes

sábado, 14 de abril de 2018
Não me chame por anjo, sou mulher. Revogo o codinome! Por onde andas a me buscar, não encontrarás.

Nenhum comentário

Postar um comentário

 
INÍCIO | PRA TI SOU ELI | CUBO URBANO? | EU, VITIMISMO | ARQUITETURA | POESIAS | CONTATO


Desenvolvido por Michelly Melo
Ilustração por Gabriela Sakata
CUBO URBANO 2014 - 2018